As minhas princesas

Lilypie Kids Birthday tickers

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Do desfralde ... ou não

No Verão passado comprei-lhe o pote e levei-o para casa da avó. A minha mãe, depois de lhe dar o leite a meio da manhã, sentava-a, mas claro que logo se levantava e nunca fez nada.
Em Dezembro o papá comprou um redutor para a sanita e no mesmo instante a coloquei lá e disse-lhe para fazer chichi. Por coincidência, fez um chichi pequenino e eu fiz-lhe uma grande festa.
Entretanto, depois da Gabriela nascer, como fiquei com as 2 em casa, o pote veio de casa da minha mãe e comecei a insistir mais no assunto do pote. Até lhe comprei um livrinho com uma menina parecida com ela a fazer no potinho. No 1º dia em que lhe tirei a fralda, levei o pote para a minha casa-de-banho e, enquanto eu tomava banho ela andava por lá a falar sozinha. De repente, começa a chorar muito aflita. Limpei o vidro do chuveiro e vi um monte de cocó no chão e mais à frente chichi. No dia a seguir, outra vez sem fralda, fez na varanda.
Acho que apanhou medo, porque quando lhe digo para fazer no potinho diz logo que não e vai lá e baixa a tampa do pote com toda a força. Como sei que muitas crianças apanham medo do pote, não tenho insistido e tenho adiado para quando chegar o calor a sério. Já há muito tempo que me dizia quando tinha cocó, a fungar muito com o narizito e a dizer totó. Mas agora, quando sei que tem cocó e lhe pergunto diz logo não, a abanar a cabeça.
Será que ainda é muito cedo para lhe tirar a fralda?

2 comentários:

Dragonfly disse...

Eu não acho cedo. Somos 3 irmãs e as 3 deixamos as fraldas antes dos 2 anos. No Verão vou começar o desfralde da minha menina, sem pressões e com calma....

Boa sorte!

Beijinhos

Tella disse...

Eu estava a pensar que se calhar ainda era cedo... Mas segundo a Dragonfly, não... Olha, não há nada como experimentar e se vês que não resulta, aguenta mais uns tempos.
Já agora, essa coisa do calor e do desfralde, tem mto que se lhe diga. Tirei a fralda ao Tiago no dia 22 de Fevereiro, em pleno inverno e fez-se na boa...